FacebookPixel
Notícias
O que precisa de saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Avaliação das casas pelos bancos sobe para €1272 por metro quadrado

Avaliação das casas pelos bancos sobe para €1272 por metro quadrado

30 jul 2019
Avaliação das casas pelos bancos sobe para €1272 por metro quadrado
Em junho, o valor médio da avaliação bancária para efeito de crédito de habitação subiu 7 euros face ao mês anterior, segundo o INE

A avaliação bancária das casas em Portugal continua a subir, e segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em junho o metro quadrado beneficiou de um aumento de 7 euros a nível nacional relativamente ao mês anterior.
 

O valor médio da avaliação bancária a nível do país cifrou-se em junho em 1272 euros por metro quadrado, o que representa um aumento de 7,8% face ao mês homólogo do ano passado.
 

A maior subida relativamente à avaliação realizada pelos bancos para efeitos de concessão de crédito à habitação, em termos homólogos, registou-se no Algarve (com um crescimento de 11,2%), seguindo-se a Madeira (mais 4,3%). A única descida a nível nacional foi registada nos Açores, com uma diminuição de 0,8%.
 

O valor médio da avaliação dos apartamentos subiu 10 euros relativamente a maio, que em junho passaram a valer 1353 euros por metro quadrado. No caso das moradias, o valor médio de avaliação subiu 5 euros, para 1142 euros por metro quadrado.
 

No que toca aos apartamentos, o norte do país teve o crescimento mais expressivo em junho, comparativamente ao mesmo mês do ano passado, e que atingiu 11,9%.
 

Os apartamentos T3, uma das tipologias mais avaliadas para efeitos de pedidos de crédito, registaram em junho um aumento de 12 euros por metro quadrado na média nacional, e que se situou em 1265 euros.
 

No caso das moradias, os valores mais altos registaram-se no Algarve, onde a avaliação média dos bancos se situou em junho nos 1584 euros por metro quadrado, a par da área metropolitana de Lisboa, com 1568 euros por metro quadrado. O valor mais baixo neste campo verificou-se na região centro, onde a avaliação dos bancos se ficou em 991 euros por metro quadrado.
 

O Algarve, as áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, a Madeira e o Alentejo litoral foram as regiões que apresentaram os valores de avaliação bancária superiores à média nacional.


Fonte: Conceição Antunes, Expresso 29 Julho 2019

Veja Também